quarta-feira, 4 de setembro de 2019

Pai, você é um homem completo


Pai, estou escrevendo estas palavras para você, mas gostaria que o significado, o peso e a importância que elas carregam pudessem ser lidas pelos olhos de outros pais, de seus filhos e de futuros netos; que essas palavras atravessassem a alma de todo e qualquer homem, para que então homens pudessem finalmente se tornar.

Quero que saiba que levei um certo tempo até começar a rascunhar as primeiras palavras que estão por vir, pois toda a força de meu corpo foi canalizada na fuga de minhas lágrimas, na angústia do meu peito e na felicidade por ter entendido quem você realmente é, e o lindo papel que você executa nesse mundo em que vivemos. Papel esse que poucos homens ousam atuar, mas você, pai, como um artista nato, não precisou ao menos ler o script para o concretizar.

Você é um homem bom. Você prega o bem, e eu estaria mentindo se dissesse o contrário. Durante minha vida ouvi certas críticas quanto à sua personalidade - e posso dizer que também julguei, e peço desculpas. Sua capacidade natural e vontade genuína de ajudar os outros já foi bastante desaprovada, não? Lembro-me bem de algumas reclamações parecidas com ele não consegue dizer não, as pessoas abusam dele e ele se quebra para ajudar os outros, e posso afirmar que é tudo verdade. É incrível como durante muitos anos pensei que esse seu traço empático e compassivo pudesse ser, de certa forma, algo negativo e que merecesse ser trabalhado e modificado, mas quem estava precisando de transformação era eu mesma.

Quem sou eu para querer te explicar sobre como a vida funciona, mas, pai, vivemos em um mundo extremamente masculinizado, e não estou nem falando sobre o gênero masculino, e sim sobre a energia masculina (racional, lógica, matemática) que governa nosso mundo ocidental e reprime e menospreza a energia feminina (sensível, intuitiva, criativa, artística). Como você já deve imaginar, ambos homens e mulheres carregam - ou deveriam carregar - essas duas fontes de energia, cujo balanço traria harmonia mental, espiritual e física aos seres humanos e, consequentemente, compaixão e empatia para com quem nos rodeia, além de respeito e apreciação por fauna e flora.

Nosso planeta está pedindo socorro; nossas mentes estão esgotadas; nossa saúde, enferma; nosso espírito fora enjaulado antes mesmo de você ter nascido, e nossos relacionamentos estão por um fio. E para reparar a atual situação em que vivemos, apenas um único caminho pode ser traçado, e envolve a cura dessa energia feminina que estava falando anteriormente. E porque estou relacionando sua personalidade e atitudes com essa questão Yin Yang? Bem, pai, é que são homens como você que possuem a peça para esse incessável quebra-cabeça. Você não acredita em signos do zodíaco e até acha essa conversa uma bobagem, mas poderia dizer que você é a imagem perfeita de um pisciano. Emotivo e das águas, sua feição de homem durão não me engana, pois sei que não esconde suas lágrimas toda vez que se deixa tocar, e apenas os homens mais corajosos são capazes de deixá-las rolar sob o rosto, pois como disse anteriormente, nosso mundo ocidental e masculinizado não permite que homens acessem sua energia feminina e mergulhem em águas de fraqueza e sensibilidade.

Você, meu pai, apesar de todos os defeitos, é um homem completo: feminino e masculino. Sem nem mesmo saber, você está curando a energia feminina que flui pelos ares deste planeta, e sua peça do quebra-cabeça converteu-se em três, quando ao lado de minha mãe, criaram três filhos do melhor jeito que puderam, nos ensinando sobre honestidade, compromisso, determinação, zelo e, principalmente, compaixão. É, pai, se eu pudesse te definir em apenas uma palavra, esta seria ela: compaixão. Graças a você, estou carregando uma peça desse quebra-cabeça, e espero poder encontrar seu local de encaixe.

Estamos a uma distância oceânica, mas gostaria que você sentisse meu abraço e, em um quieto sussurrar, minha voz dizendo obrigada.

Um comentário:

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo